6º Festival Paranaense de Curimbas

Esclarecendo os questionamentos o Pai Jimmy – Presidente do Conselho Deliberativo e o Pai Anthony – Presidente da Diretoria Executiva, respondem:
 
Objetivando voltar a realizar anualmente o Festival de Curimbas, mas, tornando-o mais atrativo, notadamente para os terreiros menores, que tem Curimbas menores, foram estabelecidas novas normas para funcionamento, que possam redundar em novas cantigas para as Giras e garantir a participação do nosso Estado no Prêmio Atabaque de Ouro no RJ.
 
Uma das ações que se entende muito importante do Prêmio Atabaque de Ouro é a figura do padrinho/madrinha da edição, que se apresenta ao final, enquanto o júri delibera. De certa forma se quer incentivar a cultura local e assim, a partir do 6º Festival far-se-á a indicação e o convite para um artista local, preferencialmente ligado as religiões de matrizes africanas do nosso estado.
 
Temos como patrocinador a loja Orixá Bazar, o apoio do Prêmio Atabaque de Ouro, do Buffet Madrid e do CONPAZ/PR e já confirmaram presença entre os expositores a Fé e Magia Personalizados e a Ponto Firmado Roupas e Artigos Religiosos, além de outros que estamos em negociação.
 
As pessoas estão divergindo com relação ao prazo de inscrições e a data de realização do 6º Festival Paranaense de Curimbas, o que vocês podem esclarecer com relação a isso?
 
Pai Anthony:
Tivemos vários percalços com relação a conseguir um local que pudesse corresponder a grandiosidade do evento, quando tínhamos a certeza do local acontecia alguma coisa que “jogava água na fervura” e assim, chegamos nesse imediatismo em função de compromisso assumido com o Marcelo Fritz, que não abre mão da participação do PR no 14º Atabaque de Ouro. O 14º Atabaque de Ouro é no dia 23/09, no dia 16/09 teremos a realização da 2ª. Caminhada contra a Intolerância Religiosa em Curitiba, promovida pelo Grupo Tambores do Paraná e assim fomos esmagados pelo calendário.
Dessa forma, optamos por fazer um festival menor, no Auditório do Clube do Subtenentes e Sargentos do Exército situado na Rua Comendador Fontana, 57 – Centro Cívico. Conseguimos colocar 400 lugares, com praça de alimentação e espaço para os parceiros expor os seus produtos.
 
Pai Jimmy:
Além disso, com menos tempo as Curimbas vão fazer apresentações menos rebuscadas, mais próximo do objetivo do Festival que é a criação de novos pontos para ser cantados nos Terreiros. O prazo menor para ensaios e produção, a nosso ver equipara as Curimbas.
 
Tradicionalmente a FUEP não cobrava ingresso, a agora foi estipulado o valor de R$ 20,00 mais um Kg de alimento não perecível. Porque essa mudança?
 
Pai Anthony:
A nossa preocupação e prover os meios para que a Curimba vencedora do festival possa ir ao RJ sem grandes sacrifícios. Até agora a FUEP apenas ajudava nas despesas, mas a grande parte saía de promoções dos Terreiros, e assim, o prêmio tornava-se um castigo. Nesse ano, as despesas da ida ao Atabaque de Ouro sairão dos valores auferidos no festival, desonerando as Curimbas e Terreiros. Por isso a cobrança de ingresso.
 
Pai Jimmy:
Ficamos muito tempo sem realizar o festival e assim, essa nova gestão decidiu retomar a realização, mesmo que menor, na quantidade de concorrentes e até de público. Essa gestão que assumiu em 2017 quer estabelecer novas sistemáticas para a realização dos eventos.
 
6º Festival Paranaense de Curimbas
 
Serviço:
 
09/09 – Domingo
Abertura do Auditório 13:00h – Início 14:00 h
Auditório do Clube dos Subtenentes e Sargentos do Exército de Curitiba
Rua Comendador Fontana, 57 – Centro Cívico
 
Ingresso: R$ 20,00 + 1 kg de alimento não perecível. (compras pelo site www.fuep.org.br/eventos/6º-festival-paranaense-de-curimbas)
 
Estacionamento no local: R$ 10,00 por todo o período.
Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *