Resumo do Planejamento Estratégico 2019

Existe uma afirmativa que o ano, no Brasil, só começa efetivamente depois do carnaval.

Assim, iniciamos a detalhar o planejamento estratégico da Direção da FUEP para o ano de 2019. Conforme anteriormente divulgado, você está convidado a participar do lançamento das ações do planejamento estratégico da Direção da FUEP para ajudar a organizar o ano da federação se engajando no dia a dia das atividades, que visam, primeiramente, compreender a comunidade Umbandista; e assim propor projetos e programas que visam dar maior visibilidade para a Umbanda e para os Umbandistas do nosso estado e criar maior interação numa via de duas mãos, da federação para os Umbandistas e vice-versa!

Dessa forma repassamos o resumo do planejamento estratégico da FUEP para 2019, para o qual pedimos a atenção de todas e todos haja vista que as deliberações aprovadas na Reunião Conjunta dos Conselhos Deliberativo e Fiscal e da Direção Executiva realizada no dia 22/01/2019, somente se materializarão com a participação efetiva e massiva dos Umbandistas do nosso estado.

Realizar pesquisa com os Umbandistas do Paraná

Queremos ouvir você!

Entendemos que está na hora de abandonar a “zona de conforto” que nos trouxe até aqui e ter a coragem e a ousadia de reinventar a comunicação com os associados. Sofremos com a falta de um contato mais próximo, assim estabelecemos calendário de visitas aos Templos, entretanto, será que é isso mesmo que os Umbandistas querem e precisam?

Cada vez mais, as pessoas estão conectadas via aplicativos no celular, tablet ou microcomputador, então a presença física ainda é imprescindível?

Essas reflexões são o ponto de partida para um debate mais amplo que estamos propondo visando responder à pergunta que é crucial para a existência da federação: O que os Umbandistas esperam da FUEP?

Assim, realizaremos pesquisa que pode ser respondida por todas e todos os Umbandistas do nosso estado, buscando saber mais sobre as características das pessoas que compõe o nosso público de relacionamento, que são: associados, dirigentes, médiuns e simpatizantes; parceiros de atividades e por fim a sociedade paranaense.

A pesquisa será enviada pelo e-mail constante da ficha de associação, mas, se não receber por qualquer inconsistência poderá encontrar/baixar do site da FUEP e das páginas do facebook:

https://www.fuep.org.br/novos-projetos-2019/pesquisa-fuep-2019/

 https://www.facebook.com/UmbandadoParana/ e/ou https://www.facebook.com/Umbanda.Parana/

Além disso, todos os dirigentes terão cópias impressas que serão distribuídas quando das visitas aos Templos.

Pedimos encarecidamente que você perca alguns minutinhos do seu tempo para respondê-la, porque a sua resposta vai ajudar a balizar a nossa atuação em 2019 e nos anos seguintes da gestão 2017/2021.

Colaborar na formação dos médiuns Umbandistas

Iniciamos os contatos para desenvolver a UniFUEP – Universidade da FUEP, a rádio FUEP, a TV FUEP, Biblioteca virtual e Cursos/Treinamentos presenciais e a distância. É uma proposta desafiadora, entretanto concluímos que a Umbanda e os Umbandistas do nosso estado não podem e não devem prescindir de mecanismos tanto para se informar quanto para se formar médiuns e dirigentes cada vez mais conhecedores da religião que escolheram para o seu “religare”.

Isso é essencial não só para manter, mas, para ampliar a “qualidade” das manifestações mediúnicas que ocorrem nas Giras realizadas nos Terreiros. Mas também ajudará a desmistificar a Umbanda, evitando o repasse de informações dúbias para os consulentes, colaborando, dessa forma, com a diminuição do preconceito e da discriminação que ainda hoje sofremos. Acredita-se que seja uma forma de diminuir os malefícios que os “pais e mães de poste” trazem para a credibilidade da Umbanda e a sua aceitação pelo conjunto da sociedade.

Obviamente, essa ação deverá ser embasada em amplas discussões com dirigentes e médiuns. Não se quer, em hipótese alguma, distanciar-se da característica principal da FUEP que é a sua atuação no campo institucional, exercendo papel cartorial, no sentido de facilitar a legalização dos Templos.

Essa deliberação consta do Estatuto Social desde a assembleia geral de refundação realizada em 2009. Grosso modo, a FUEP tem função representativa da porta para fora, para dentro dos Terreiros cabe as (os) dirigentes e a sua corrente mediúnica decidir a liturgia e a ritualística. Entretanto, no século XXI sente-se a necessidade de qualificar mais o coletivo Umbandista, facilitando a compreensão da religião que decidiram adotar, desde os (as) dirigentes, médiuns e simpatizantes até os fiéis Umbandistas que buscam conforto espiritual em nosso Templos.

 Realizar projetos e programas para diminuir o preconceito e a discriminação de qualquer natureza

– Realizar programas de empoderamento/protagonismo feminino;

– Criar formas de integração efetiva da comunidade LGBT;

– Estabelecer o respeito e a equidade de raça em todas as ações da FUEP;

– Incluir as PCD – pessoas com deficiência.

 Realizar o 3º Seminário “Vida e Cidadania Umbandista” – 04/05/2019

Conforme deliberado, uma vez definido o (s) tema (s) do seminário, o local de realização e os (as) convidados (as) /palestrantes, inicia-se a divulgação. Como característica se estabeleceu que em todas as atividades da FUEP existirá um local para a exposição de produtos/serviços de parceiros comerciais e a cobrança de valor pecuniário, entretanto, os associados quites com a anuidade, gozarão de gratuidade.

 Realizar o 7º Festival Paranaense de Curimbas – 18/08/2019

Serão propostas alterações no regimento do festival, propiciando a participação dos terreiros menores que poderão se “combinar” e juntos participar em igualdade de condições com os grandes. Como característica se estabeleceu que em todas as atividades da FUEP existirá um local para a exposição de produtos/serviços de parceiros comerciais e a cobrança de valor pecuniário, entretanto, os associados quites com a anuidade, gozarão de gratuidade.

A cobrança ensejará o transporte da curimba vencedora do festival paranaense para o Atabaque de Ouro.

Buscar maior aproximação com a sociedade

– Publicar no site (www.fuep.org.br) os endereços dos Templos associados, a partir de consulta e autorização expressa dos dirigentes destes;

– Criar novas formas de divulgação da Umbanda no PR, propondo inicialmente editar um jornal impresso, com distribuição gratuita, patrocinado pelas parcerias com estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços;

– Continuar a busca pela aprovação do “Estatuto da Liberdade Religiosa” em nosso estado, buscando esclarecer o direito fundamental inscrito na CF de 88. Inicialmente aguardando as definições na ALEP e após agendar reuniões com os novos deputados estaduais, buscando a continuidade da tramitação;

– Fortalecer a nossa participação no CONPAZ/PR, incluindo os (as) novos (as) dirigentes nas reuniões, privilegiando comparecer com pelo menos um (a) membro da direção, com intervenção qualificada e pré-discutida;

 Reativar Convênios

– Atualizar os convênios já existentes e contratar novos com os parceiros e Umbandistas que comercializem mercadorias ou forneçam serviços de interesse da comunidade Umbandista e que possam oferecer preços ou vantagens diferenciadas;

Após a edição do novo contrato para as parcerias, onde conste claramente a “vantagem” oferecida e a obrigatoriedade da apresentação da carteira de associado e o comprovante de pagamento da anuidade em curso, para fazer jus a vantagem comercial, iniciaremos os convênios;

 

Otimizar o setor Administrativo e Financeiro

– Buscar formas de financiamento da FUEP;

– Realizar amplo recadastramento dos associados Individuais (PF), Coletivos (PJ) e Dirigentes, solicitando continuar associados e a partir do retorno positivo emitir cobrança/boletos em meio magnético, que serão enviados por e-mail, SMS ou outro meio eletrônico.

– Concentrar a cobrança das anuidades PF (R$ 30), PJ (R$ 150) e Dirigentes (R$ 50) no primeiro trimestre do ano, em conformidade com o mês de associação. Assim, quem associou-se até o mês de setembro/2018, cobrar até 31/03, a partir de outubro só cobrar no ano que vem (2020);

– Reativar a campanha de associação “Sou Umbandista de Carteirinha”

A atual Direção da FUEP estabeleceu como meta atingir os 1.000 associados até o fim do mandato, em 2021. É no mínimo desafiadora a meta definida, mas busca prover a auto sustentação da federação, necessária para a efetivação dos projetos em andamento e dos novos projetos para a gestão.

A FUEP já deixou de ser sonho de alguns abnegados, tornando-se realidade ao propor desde a sua refundação em 2009 um projeto inovador na representação institucional dos Umbandistas do nosso estado.

Por isso convidamos a somar conosco nessa tarefa, associando-se a FUEP. Não perca a oportunidade de participar do projeto de construção de uma representação institucional forte e efetivamente representativa.

Associe-se já!

Conselhos Deliberativo e Fiscal e Diretoria Executiva – Gestão 2017/2021

 

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *